loader

Exames e Serviços

Confira abaixo os exames realizados pelo Instituto de Biomedicina do ABC

Pesquisar Exame

Utilidade


O 3-alfa-androstanediol glicuronídeo é um metabólito do dihidrotestosterona produzido nos tecidos responsivos aos androgenios.
É um marcador da formação e ação androgênica periférica. Encontra-se aumentado nas mulheres com hirsutismo idiopático e nas portadoras de Síndrome dos Ovários Policísticos. Encontra-se reduzido no sexo masculino na deficiência da 5-alfa- redutase. A mais importante aplicação desse ensaio é nos estados de hirsutismo. É também considerado um marcador para o tratamento desses estados e da hiperplasia adrenal congênita.

 

Material


Soro

 

Instruções


- Jejum não obrigatório.

Utilidade


Os imunocomplexos circulantes não são normalmente expressos em indivíduos saudáveis, mas são rapidamente detectados em pacientes com artrite reumatóide e lupus eritematoso sistêmico durante doença ativa.

 

Material


Soro

 

Instruções


Jejum obrigatório de 8 horas.

Utilidade


Cerca de 70% do ácido úrico é eliminado pelos rins. Esta dosagem é útil em pacientes com cálculos urinários para identificação daqueles com excreção urinária de urato aumentada. Álcool causa diminuição do urato urinário. Anti-inflamatórios, diuréticos e Warfarim podem interferir no resultado.

 

Material


Urina 24 Horas

 

Instruções


- Não fazer esforço físico durante a coleta.
- O cliente deve manter sua rotina diária.
- Não é necessário aumentar a ingestão de líquidos, exceto sob orientação médica.
- No final da coleta, registar o volume urinário juntamente com o horário inicial e final da coleta.
- Ao receber o material verificar se o volume urinário total corresponde ao volume informado.

Utilidade


ADA é uma enzima que catalisa a conversão da adenosina e inosina, participando do processo
de diferenciação e proliferação de linfócitos. Níveis elevados da ADA são indicadores
indiretos de tuberculose meníngea, pericárdica e peritoneal. No líquido pleural tem
sensibilidade de 99% para diagnóstico de tuberculose; No líquor tem sensibilidade de 90% e
especificidade de 94%; No líquido pericárdico tem sensibilidade de 99% e especificidade de
83%; No líquido ascítico tem sensibilidade de 95% e especificidade de 96%; A dosagem da
ADA no soro não tem valor diagnóstico. Resultados falso- negativos podem ocorrer em
pacientes com SIDA. Níveis elevados também podem ser encontrados em infecções bacterianas,
criptocóccicas e neoplasias. Esta dosagem não substitui a biópsia no diagnóstico de tuberculose.

 

Material


Líquidos Cavitários (Pleural/Ascitico/Pericardio)

 

Instruções


- Não realizamos a coleta de líquidos, pois trata-se de um procedimento médico.

Material


Soro

 

Instruções


- Jejum não obrigatório.

Utilidade


A hepatite E tem transmissão fecal-oral e apresenta clínica similar a hepatite A, sendo, porém, mais severa. Apresenta período de incubação de 2 a 9 semanas, com alto percentual de casos fatais em gestantes (20%).

 

Material


Soro

 

Instruções


- Jejum obrigatório de 8 horas.
- Intervalo entre mamadas para lactentes.

Material


Fezes

 

Instruções


- Jejum não obrigatório.
- Fezes recentes, coletadas em frasco limpo.

Utilidade


O diabetes mellitus tipo 1 é caracterizado pela infiltração
linfocítica das ilhotas pancreáticas e autoanticorpos contra uma
variedade de antígenos das células beta. Anti-GAD são observados em 70
a 80% dos pré-diabéticos tipo 1, incluindo 7 a 8% dos diabéticos com
início na vida adulta.

 

Material


Soro

 

Instruções


- Jejum desejável de 4 horas.

Utilidade


Histonas são proteínas associadas ao DNA genômico. Anticorpos anti-histonas ocorrem no lupus induzido por drogas em 96% dos pacientes, juntamente com anticorpos para o ss-DNA. No LES pode ser encontrado em 50% a 70% dos pacientes e na AR em 20% dos casos. Procainamida, hidralazina, quinidina e anticonvulsivantes, entre outras, são drogas relacionados com o lúpus induzido por drogas.

 

Material


Soro

 

Instruções


- Jejum obrigatório de 8 horas.
- Intervalo entre mamadas para lactentes.


DOWNLOAD PDF

Utilidade


Essencialmente, todos os pacientes tratados com insulina de porco ou boi desenvolvem anticorpos anti-insulina. Entretanto, resistência insulinica clinicamente aparente mediada por tais anticorpos raramente e observada (0,01%) nos pacientes tratados. A maioria dos anticorpos anti-insulina são IgG, mas poucos são IgE. A presença de anticorpos anti-insulina pode ocasionar alteração nos resultados dos ensaios para insulina.
Pode estar presente em 16 a 69% dos pacientes com diagnostico de diabetes mellitus tipo 1.

 

Material


Soro

 

Instruções


- Jejum desejável de 4 horas.

Material


Soro

 

Instruções


- Jejum não obrigatório.

Utilidade


A peroxidase tireoidiano (TPO), uma enzima que cataliza as etapas de
iodinação e acoplamento da biosíntese do hormônio tireoidiano, e
agora conhecida como o principal antígeno microssomal. O principal uso deste exame é a confirmação do diagnóstico de tireoidite autoimune. O anticorpo anti-TPO tem sido utilizado no lugar da determinação do anticorpo antimicrossomal. Anticorpos anti-TPO podem ser detectados em pessoas sem doença tireoidiana significativa. Eles não definem o status funcional tireoidiano do paciente. Substitui com vantagens os anticorpos antimicrossomais.

 

Material


Soro

 

Instruções


- Jejum não obrigatório.
- A coleta deve ser realizada no período da manhã, até as 11:30 horas.

Utilidade


Os anticorpos anti nucleossomo são marcadores diagnósticos de lupus
eritematoso sistêmico, com uma sensibilidade de 60% a 70% e
especificidade em torno de 95% a 100%. Aparecem precocemente no curso
da doença e seus níveis séricos guardam correlação com o grau de
atividade da doença, especialmente com atividade de nefrite.

 

Material


Soro

 

Instruções


Jejum obrigatório de 8 horas.


DOWNLOAD PDF

Material


Soro

 

Instruções


- Jejum não obrigatório.
- Informar no momento do cadastro medicamentos em uso (o paciente não deve estar usando GNRH ou medicação imunosupressora).

Material


Soro

 

Instruções


- Jejum não obrigatório.

Utilidade


Os anticorpos anti-Saccharomyces cerevisiae (ASCA), juntamente com anticorpos anti-neutrófilos (pANCA), encontram-se entre os dois marcadores mais úteis e muitas vezes discriminante para a colite. ASCA tende a reconhecer a doença de Crohn com mais frequência, ao passo que pANCA tendem a reconhecer colite ulcerativa. Ambas as doenças causam inflamação intestinal, mas possuem diferentes quadros clínicos e opções terapêuticas. A doença de Crohn geralmente afeta a porção distal do intestino delgado, podendo também afetar alguma outra parte do trato digestivo. A inflamação é assimétrica e segmentada, aprofundando-se nos tecidos afetados. Na retocolite ulcerativa, a inflamação é confinada ao colo e reto, é simétrica e contínua desde o reto proximal, e envolve as camadas mais altas de revestimento do colo e reto. Os Anticorpos Anti-Saccharomyces cerevisiae IgG e IgA são encontrados com prevalência significativamente maior em pacientes com doença de Crohn (60 a 70%) do que em pacientes com retocolite ulcerativa (10 a 15%).

 

Material


Soro

 

Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF

Utilidade


Exame útil no diagnóstico de infecção causado pela espiroqueta Borrelia burgdorferi, transmitida pelo carrapato , e leva à doença Lyme. 
 

 

Material


Soro

 

Instruções


Jejum não obrigatório


DOWNLOAD PDF

Utilidade


Teste destinado à avaliação da resposta molecular ao tratamento empregado em pacientes com diagnóstico de LMC; visando fornecer, a partir dos valores fornecidos pelo teste, informações sobre a comportamento da doença em virtude do tratamento empregado, se está sendo efetivo ou não.

 

Material


Sangue total em EDTA/Aspirado medular em EDTA

 

Instruções


- Jejum não obrigatório.
- Obrigatório preenchimento pelo médico do questionário para exame oncohematológico.
- Exame coletado somente na central de segunda a quinta até as 13:30.
- Não coletamos em feriados e véspera de feriado.
- Não realizamos a coleta de aspirado medular por se tratar de um procedimento médico.

Utilidade


Exame útil no diagnóstico de infecção causado pela espiroqueta Borrelia burgdorferi, transmitida pelo carrapato , e leva à doença Lyme. 

 

Material


Soro

 

Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF

Utilidade


E o antígeno de superfície (Austrália) do vírus da hepatite B. Torna-se detectável 2 a 8 semanas após inicio da infecção, duas a seis semanas antes das alterações da ALT e duas a cinco semanas antes dos sinais e sintomas. Ocasionalmente, pode ser detectado apenas após 12 semanas. Nos casos agudos e auto-limitados, o HBsAg usualmente desaparece em 1 a 2 meses após inicio dos sintomas. Persistência do HBsAg por vinte semanas apos a infecção primaria prediz persistência de positividade indefinidamente. Em termos práticos, sua positividade está associada com infecciosidade, estando presente nas infecções aguda ou crônica pelo HBV. Um resultado de HBsAg positivo deve sempre ser confirmado e complementado com outros marcadores de infecção. Deve-se considerar, ainda, a detecção de HBsAg positivo transitória após vacinação.

 

Material


Soro

 

Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF

Utilidade


O 5-HIAA é um metabólito da serotonina usado como marcador de tumores
carcinóides (tumores neuroendócrinos que originam-se principalmente
nos tratos respiratórios e gastrointestinais). Alimentos ricos em
serotonina devem ser evitados antes e durante a coleta. Medicamentos
usados podem interferir no resultado do exame: levodopa, imipramina,
acido dihidrofenilacetico, metildopa, antidepressivo IMAO, morfina,
acetominofen, acido acético, salicilatos, formaldeido, isoniazida,
fenotiazinas, xaropes com glicerilguacolato e naproxifeno.
As concentrações do 5-HIAA podem estar normais com tumores carcinóides
não metastáticos e na síndrome carcinóide, particularmente, em
pacientes sem diarréia. Alguns pacientes com síndrome carcinóide
excretam ácidos indólicos não hidroxilados que não são medidos pelo
teste do 5-HIAA. O 5-HIAA encontra-se aumentado nos pacientes com má-
absorção e níveis aumentados de metabólitos urinários do triptofano (doença celíaca,
sprue tropical, Doença de Whipple, fibrose cística, etc.), e em
pacientes com obstrução crônica do trato intestinal além de alguns
pacientes com tumores de ilhota não carcinóides. Seus níveis exibem
uma correlação ruim com a gravidade da doença. Níveis aumentados são
observados na gravidez, ovulação e estresse.

 

Material


Urina 24 de horas

 

Instruções


- O paciente deverá permanecer 24 horas antes e durante a
coleta da amostra sem ingerir abacate, abacaxi, ameixa,
banana, berinjela, pickles, nozes, tomate, pois interferem no resultado.
- Alguns medicamentos podem interferir, e o médico deve estar ciente
do uso e somente ele pode suspendê-lo: Acetaminofen,
Ácido Acético, ácido Dehidroxifenilacetico, Ácido Gentisico, Ácido
Homogentisico, Fenotiazinas, Formaldeído, Imipramina, Isoniazida,
Inibidores da Mao, L-Dopa, (Levodopa) Metil Dopa, Morfina, Naproxifeno,

Salicilatos, Xaropes para tosse com gliceril guacolato.
- Não fazer esforço físico durante a coleta.
- O paciente deverá manter sua rotina diária.
- Não é necessário aumentar a ingestão de líquidos, exceto sob
orientação médica.

Utilidade


Teste utilizado no diagnóstico da síndrome do anticorpo antifosfolípide (AFL). Esta pode ser primária (na ausência de outros autoanticorpos e manifestações clínicas dos LES) ou associada ao LES (15% dos casos).
Anticorpos antifosfolípides levam à manifestações clínicas vasoclusivas, que incluem trombose venosa, oclusão arterial, livedo reticular e perda fetal além de manifestações hematológicas: trombocitopenia, anemia hemolítica e neutropenia. O diagnóstico é considerado definido quando duas ou mais manifestações clínicas (vasoclusiva ou hemocitopênicas) são encontradas e pelo menos um dos critérios laboratoriais é encontrado.
Na pesquisa laboratorial para anticorpos anti-fosfolípides é recomendado a realização de ensaios para pesquisa de anticoagulante lúpico e anticorpos anti-cardiolipina, pois podem estar presentes de forma isolada.
Anticorpos anti-cardiolipina IgG estão presentes em níveis moderados a elevados (maior que 40 GPL) e são mais específicos que os IgM para
síndrome do AFL. Entretanto, alguns casos apresentam anticorpos apenas IgM ou, mais raramente, IgA. Podem estar presentes em outras doenças como: artrite reumatóide, doenças infecciosas (sífilis, tuberculose, hanseníase, endocardite infecciosa, infecção pelo HIV, infecções virais agudas) e em indivíduos utilizando clorpromazina.
Nesses casos encontra-se, em geral títulos baixos e do isotipo IgM, não se observando fenômenos trombóticos.
É importante lembrar que testes negativos não afastam completamente a presença de anticorpos antifoslípides. Na vigência de uma trombose aguda, os títulos destes anticorpos podem declinar transitoriamente a níveis normais.

 

Material


Sangue

 

Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF

Utilidade


O ácido trans,trans-mucônico é um indicador biológico de exposição ao benzeno para avaliar baixas exposições a este solvente no ambiente de trabalho. O benzeno é um líquido incolor, volátil, praticamente insolúvel em água. É empregado na indústria química e petroquímica de calçados e de colas sintéticas.Também é componente na fabricação de gasolina, tintas, removedores, tinturas, inseticidas, plástico, borrachas, detergentes, explosivos e produtos farmacêuticos. O benzeno é biotransformado principalmente no fígado formando, entre outros metabólitos, o ácido trans, trans-mucônico que é excretado na urina.

 

Material


Urina

 

Instruções


- Próximo à realização da coleta evitar a ingestão de alimentos que contenham Ácido Sórbico (Sorbato) em sua composição.
- Coletar em frasco apropriado a amostra no início do primeiro dia da semana da jornada de trabalho, ou antes do período de exposição. Manter a amostra refrigerada desde o momento da coleta.

Utilidade


A acetona é um líquido incolor, volátil, com odor pungente e característico. É utilizada como solvente para gorduras, óleos, ceras, plásticos, borrachas, em indústrias de tingimento, como intermediário químico e removedor de tintas e vernizes. É altamente volátil sendo absorvida em grande parte pela via pulmonar.
A exposição a concentrações elevadas provoca sensação de cansaço, seguida de distúrbios respiratórios, depressão do sistema nervoso central, inconsciência e coma.
Geralmente é encontrada na exposição ocupacional à acetona e ao isopropanol, na cetoacidose diabética e no jejum prolongado.

 

Material


Urina Isolada

 

Instruções


- Coletar em frasco apropriado a urina do final do último dia da jornada de trabalho, ou após o período de exposição. Manter amostra refrigerada desde o momento da coleta.


DOWNLOAD PDF